Afinal o que é um RH estratégico?
O líder de alta performance e o papel da liderança sob um enfoque sistêmico

É possível um RH alinhado com a identidade do Cooperativista?

A resposta é SIM!

A gestão de recursos humanos sofre implicações por conta das particularidades do modelo cooperativo, exigindo dos profissionais de RH conhecer seus valores e princípios, sua complexa estrutura organizacional, seu modelo de gestão descentralizado, o papel dos cooperados, entre outros aspectos.

Sem este conhecimento, o RH corre o risco de não estar alinhado ao modelo cooperativista, logo, suas práticas de gestão podem caminhar no sentido contrário.

Vamos entender como este alinhamento pode ser feito analisando algumas práticas de RH e suas possíveis implicações.

Por exemplo: no recrutamento e seleção dos colaboradores o RH deve observar: contratações na comunidade local, inclusão de pessoas com deficiência (com isto estará aplicando o 7º princípio do cooperativismo). Já em treinamento, ao trabalhar com os gestores/líderes em seus programas de desenvolvimento, devem incluir na agenda as competências de negociação, administração de conflitos, trabalho em equipe (com isto contribuem com o 2º princípio de gestão democrática, segundo o princípio do cooperativismo).

Em resumo, as singularidades e particularidades da Cooperativa devem ser levadas em conta pelo RH quando este desenha suas políticas e processos.

Desta maneira, juntos, estarão alinhando o RH ao Cooperativismo.

Um forte abraço, Kátia Demeneck