O líder como maestro de uma orquestra
Crenças limitantes e autossabotadores: descubra os seus!

Primeiro cargo de liderança. E agora?

Você esperou tanto tempo por uma promoção e quando ela chegou não precisou nem um dia para se sentir arrependido. O cotidiano virou de cabeça para baixo e você já precisou encarar um colaborador pedindo demissão, problemas na entrega de pedidos e um conflito entre colegas na equipe que começou a liderar.

Saiba que não está sozinho. Muitos profissionais relatam sensações de peso, frustração, ansiedade e exaustão nos primeiros momentos na posição de líder

A complexidade da liderança vem da necessidade de comandar pessoas e as pessoas por si só são bastante complexas. Entenda a liderança como uma ação e não uma posse. Neste momento cheio de responsabilidades não deixe desanimar e procure olhar pelo lado do aprendizado.

Quero te ajudar nesta trajetória e trago dicas com base nos estudos de Kevin Eikenberry que são apresentados em passos no livro Tornar-se chefe: a grande transição.

1º passo: converse com seu chefe
• Demostre o seu comprometimento
• Busque o apoio
• Entenda as expectativas de seu chefe
• Consiga com seu chefe uma descrição do que seria considerado sucesso
• Converse sobre as suas atribuições

2º passo: converse com sua equipe
• Fale sobre as mudanças no relacionamento
• Explique seu novo papel
• Fale com eles sobre suas expectativas
• Pergunte a eles o que esperam de você

3º passo: converse consigo mesmo
• Reconheça que você não acertará todas as vezes
• Você precisa ser paciente consigo mesmo

4º passo: descubra seus pontos fortes
• Pense em outros momentos de sucesso
• Faça uma lista dos seus pontos fortes
• Reveja essa lista com frequência
• Equilibre seus esforços

5º passo: trace um plano de ação
• Desenhe um plano de reuniões com sua equipe e com seu chefe
• Vá atrás de desenvolvimento para fechar as lacunas de desempenho
• Acompanhe e revise seu plano

Acredite, você consegue! Foque nestas dicas que podem ser essenciais no processo da sua transição.

Um abraço,

Katia Demeneck