Primeiro cargo de liderança. E agora?
Liderando pessoas

Crenças limitantes e autossabotadores: descubra os seus!

Existem pensamentos que nos perturbam e nos fazem sofrer. Ordens interiores negativas que damos a nos mesmos em fases de mudanças, crises e desafios.

Imagine que baseado no excelente perfil técnico que você possui, o seu chefe pede para que inicie os estudos do espanhol para estar apto a assumir um espaço na possível filial que a empresa venha a ter no México, quando você nem o deixa terminar e já começa a elencar empecilhos de que aquilo não será bom para você, acha estranho morar em outro país, não acredita conseguir ficar longe da família e amigos, não conseguirá absorver outro idioma, e nem mesmo quer tentar. Mesmo com este bombardeiro de negações ele pede para que você pense melhor.

Neste momento você começa a viver um inferno em pensamentos que se cruzam sobre a ideia de que pode dar certo, será promovido, terá um salário maior na contrapartida de pensamentos de que poderá fracassar e ser demitido e de que não seria o bom suficiente.

A notícia que deveria ser ótima se torna um pesadelo! Mas por qual motivo? Então pense de onde é que vem este bombardeiro de respostas prontas? O que foi acionado no seu consciente quando o chefe apresentou a oportunidade de mudança? Nada mais são que suas crenças limitantes impondo barreiras.

Estas crenças impactam nas escolhas e na capacidade de perceber as situações. Sabotam o seu futuro trazendo muitos julgamentos. Então é necessário descobrir quais são as crenças que te limitam e assim sabotam sua vida.

Seguem então algumas dicas bem importantes

1) Pergunte para familiares e amigos o que pode estar te segurando impedindo crescimento ou o que falta para você mudar. Questione sobre o que fariam no seu lugar. Eles podem dar a clareza sobre o que está bloqueando você

2) Reflita sobre momentos nos quais você voltou atrás, recuou e depois até se arrependeu. Anote quais os pensamentos que vieram a sua mente, o que sentiu. Estas anotações são muito importantes.

3) Quais são as frases que são repetitivas nas suas falas, que você pensa ou fala mesmo quando não quer. Anote!

4) Junte tudo isto e terá indicativos de algumas crenças limitantes.

Geralmente nossos sabotadores vem em forma de excesso e falta de confiança, muita ou pouca generosidade, não saber dizer não, ser muito exigente com os outros e consigo, ser pouco afável com as pessoas se preocupado apenas com resultados, ser desmotivado e ter falta de energia, ser muito agressivo e rude, ter pouco autocontrole ser muito impulsivo.

Tudo isto pode estar te impedindo de ir além, mas pode ser mudado se você quiser!

Um forte abraço,

Katia Demeneck